Mesas cheia de charme, história e personalidade!

em Dicas e Inspirações, publicado em 3 de julho de 2018

A última edição do concurso de mesas postas em parceria com a Receber é Uma Arte foi um sucesso!

Dessa vez convidamos pessoas especiais e o resultado não poderia ter sido diferente. Muita originalidade e histórias por traz da construção das mesas.

Confira!

Júlia Martins

Não por coincidência, a chef Júlia Martins montou sua mesa na área gourmet da loja Tool Box do Vila da Serra. Traz elementos de espaço de convivência, desperta curiosidade através dos sentidos.

As cores são harmonizadas, desde os alimentos até os itens de mesa posta. Além de trazer a beleza dos utensílios que vão à mesa como parte da decoração.

Cris Guerra

Para sua mesa,  Cris Guerra buscou identidade na família. Inclusive, a sua irmã arquiteta a ajudou na construção dessa história. E ela conta um pouquinho como foi essa construção:

“Foi uma homenagem à minha mãe. Se eu fosse escolher um título, ela se chamaria Tempo. Reinventamos um tempo em que minha mãe encontraria três dos seis netos que não pôde conhecer. Ela faria para eles um lanche de férias. Cada lugar é diferente do outro, como se ela tivesse garimpado no armário os objetos especiais que, juntos, teriam a carinha de cada um.

Assim, eu e minha irmã, Patrícia Guerra pudemos sonhar com a mesa onde a avó mais carinhosa do mundo se reunisse com os netos com que sempre sonhou. Vovó Dulce só teve tempo para conhecer duas netas de seus oito no total. Colocamos amor, fantasia e criatividade nesse ofício de criar uma mesa doce e colorida como o amor de vó”

Cris , que se emocionou e fez a mesa com grande carinho, confessou se sentir “brincando de casinha” – podendo escolher qualquer peça da loja e montar sua mesa dos sonhos.

 

Helana Branquinho

A portuguesa Helena branquinho, não por acaso, tem sua mesa posta com peças portuguesas. A marca Vista Alegre, que nasceu lá em Portugal em 1824! Já é um patrimônio da terrinha. Bom, a mesa é uma expressão de graça e refinamento.  É uma imersão das suas raízes portuguesas, com um toque de brasilidade.

Ela conta um pouco mais sobre a construção da mesa:  “A minha mesa representa um jantar entre amigos com o “simples” objectivo de estarem juntos, sem razão aparente de comemoração, que são os melhores.

Afinal, a melhor comemoração é “comemorar sem data marcada, o fato de estarmos vivos e sermos amigos”. Para além disso o fondue (de que eu sou particularmente fã) representa o jantar sem tempo, sem horas… aquele momento gostoso de jantar na calma, na partilha, sem hora de ir embora, tomando um vinho. E, claro, um apontamento de moda com duas peças da coleção Christian Lacroix para a Vista Alegre”

Natália Dornellas

A mesa da Natália Dornellas, como ela, esta nos pilares modernos e ao mesmo tempo vintage. Transitou entre o clássico e o ousado. Abusa das cores e traz peças Vista Alegre assinadas Lacroix que tem toda aquela pegada de moda.

Muranos e cristais junto com flores dentro de uma panela (ideia inusitada e linda!). Uma mesa fora dos padrões que encanta qualquer um!

Agradecemos aos nossos parceiros Hermes Ebanesteria pelas lindas mesas disponibilizadas para o concurso, à CP Gardens por fornecer a ambientação com os arranjos permanentes impecáveis e às queridas Helena Branquinho, Cris Guerra, Natália Dornelas e Júlia Martins pelo carinho e bom gosto que cada uma colocou em cada detalhe das nossas mesas. Nossa loja está sempre de portas abertas para vocês!

https://www.instagram.com/cpgardens/ 

https://www.instagram.com/hermesebanesteria/

 

 

Posts relacionados

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *